29 de janeiro de 2012

SÃO FRANCISCO DE SALES, PADROEIRO DOS JORNALISTAS E DOS SURDOS



Hoje celebramos a memória do fundador das Irmãs Salesianas.

ROMA, terça-feira, 24 janeiro de 2012 (ZENIT.org). - Hoje, 24 de janeiro, celebra-se a memória litúrgica de São Francisco de Sales, lembrado, em particular, pela sua grande humildade e sabedoria, qualidades que utilizou em favor da unidade da Igreja Católica, trazendo de volta a muitos dos que a haviam deixado (a maior parte para os calvinistas) para a comunhão com ela.
Juntamente com a Baronesa Jeanne-Françoise Frèmiot de Chantal fundou a Ordem da Visitação (1610), uma congregação de freiras devotas do Sagrado Coração de Jesus, com a tarefa de infundir no mundo o amor divino através da oração, da contemplação e da visitação aos pobres e doentes.
Bispo e Doutor da Igreja, Francisco de Sales se tornou o padroeiro dos jornalistas, pelo seu hábito de espalhar folhas manuscritas com as próprias homilias, colocando-as por debaixo das portas das casas particulares ou colando-as nos muros.
São Francisco de Sales, é preciso lembrar, além de ser o santo padroeiro dos jornalistas, dos autores, dos escritores e dos surdos-mudos, é o patrono da Ordem das Irmãs Salesianas. Essas piedosas religiosas há quase dois séculos, silenciosamente devotam suas vidas, além da oração, à instrução e à educação cristã da juventude, com especial cuidado com os surdos-mudos e outros deficientes.
Inicialmente, de fato, a Congregação das Irmãs Salesianas da Visitação, reformada em 1890 por Don Filippo Smaldone nas Irmãs Salesianas dos Sagrados Corações, foi criada para ensinar o catecismo para surdos-mudos, depois, com o tempo, extenderam a sua obra colaborando nas paróquias, por meio da educação dos jovens e a catequese às famílias, dirigindo pré-escolas, realizando trabalhos criativos, animações litúrgicas, surgidas das instruções e preocupando-se pela atenção espiritual dos enfermos e dos anciãos. Obras, estas últimas, que ainda desenvolvem. É portanto, necessário, neste dia tão importante, juntamente com as celebrações do Santo, lembrar estas mulheres vigorosas de fé em nossas orações.
Peter Barbini

Fonte: http://www.zenit.org/article-29548?l=portuguese




http://portalgualandi.com.br/site/index.php/noticias/